Soprar a comida do bebé

Há muito que ando para escrever sobre este assunto, mas de hoje não passa, porque é ainda mais pertinente, em tempo de COVID-19!
Quem já não soprou a comida do bebé para arrefecer mais depressa, e logo de seguida colocou na boca do bebé?

É errado! Não deve fazer-se e nesta altura de pandemia, muito menos.

É importante que os pais ou quem está a alimentar a criança garantam que a temperatura dos alimentos é a adequada, para evitar qualquer risco de queimadura. Mas soprar é errado e perigoso!

As secreções respiratórias, expelidas no ar na forma de gotas microscópicas de água ao tossir, espirrar, soprar ou falar, contêm vírus e bactérias que podem causar tudo, desde uma simples constipação até doenças graves como o COVID-19;

Neste gesto, pode ser transmitida, igualmente, uma bactéria chamada Streptococcus mutans, que se encontra na nossa cavidade oral, que se alimenta dos restos de comida deixados entre os dentes e que causa as cáries.
Segundo o Conselho Americano de Odontopediatria, um bebé  pode desenvolver cáries antes de os dentes nascerem.
Se a bactéria ficar na boca do bebé, assim que o dente entrar em erupção, ela começa a desenvolver placa bacteriana, criando um meio ácido que gera a cárie, sempre com a presença de algum substrato que geralmente é o alimento.

Quem diria que um gesto tão inofensivo podia causar tantos problemas!

Experimentem uma destas recomendações para arrefecer a comida do bebé:

  • Coloque no prato com antecedência, para levar o tempo natural para arrefecer.
  • Coloque a comida em um recipiente mais largo, para facilitar a perda de calor.
  • Coloque o prato dentro de um recipiente com gelo ou água fria (técnica chamada banho-maria  mas invertido).
  • Se quiser experimentar a comida, para avaliar o sabor e a temperatura, use uma colher ou um garfo diferente daquele que a criança usará para comer.

Não se esqueça que simples gestos, podem fazer a diferença, na não propagação de doenças.

créditos: istockphotos.com/Yuri_Arcurs

Partilhar

Chamam-me Fada, ou Encantadora de Bebés! Mas na verdade sou Mãe, Mulher e Enfermeira. 

Sou uma Mulher madura, com formação na área da Saúde (enfermeira), sempre trabalhei no meio hospitalar e em paralelo desenvolvi um projecto pioneiro em Portugal chamado Kuantos Meses (Serviços pré e pós-parto).

Sou mãe de dois filhos, a Joana com 20 anos e o André com 16 anos. Com o crescimento deles surgiram novos interesses, como por exemplo o desporto e a fotografia. Associado ao desporto, uma alimentação saudável e um estilo de vida novo. Recentemente foi-me diagnosticada uma doença Auto-imune – Miastenia Gravis. Uma doença desconhecida para muitos e com a qual eu ainda estou aprender a viver. Sempre fui muito activa e sempre encarei os obstáculos como oportunidades para realizar novos projectos – Agora chegou o momento de fazer nascer o BLOG 

Femme

alimentação, arrefecer, bebé, caries, Comida, Coronavirus, covid-19, cuidadores, dentes, doenças, Odontopediatria, Pais, soprar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *