Informação para ter presente no regresso às aulas.

A simples frase que habitualmente usamos para saber como correu o dia de escola dos nossos filhos, nem sempre resulta! Se eles respondem à pergunta:

-Como foi a escola, hoje?

Com a resposta que nos deixa na mesma:

– Foi normal!

E não dizem mais nada, mesmo que vocês insistam, então, está na altura de mudar de estratégia e tentar outra abordagem que não pareça um interrogatório.

A ideia é começarem por contar como foi o vosso dia, isso vai facilitar a introdução de algumas perguntas que vos deixo aqui, para irem usando no dia-a-dia.

Perguntas para saber como foi o dia de escola do vosso filho e que resultam melhor do que: – como foi o teu dia hoje?

  • Se fosse possível o que mudavas na escola?
  • Qual é o teu lugar preferido na escola?
  • Hoje, qual foi o melhor momento do dia?
  • Hoje, qual foi o pior momento do teu dia?
  • Diz-me o nome de dois colegas que se sentam ao pé de ti.
  • O que comeste ao almoço? Estava bom?
  • O que comeste ao lanche?
  • Diz-me o nome de 3 colegas com quem brincas-te hoje?
  • Se amanhã fosses o professor o que iam fazer na aula.

Estas são algumas sugestões, não deve fazer mais do que 2 ou 3 perguntas, e vá fazendo perguntas diferentes ao longo da semana! Outra sugestão, que resulta nalguns casos é tornar isto num jogo em que, por exemplo a caminho de casa, ou no banho. Escolhem 3 destas perguntas e o pai faz a mãe, a mãe faz ao filho e o filho faz ao pai, por exemplo.

Partilhar

Chamam-me Fada, ou Encantadora de Bebés! Mas na verdade sou Mãe, Mulher e Enfermeira. 

Sou uma Mulher madura, com formação na área da Saúde (enfermeira), sempre trabalhei no meio hospitalar e em paralelo desenvolvi um projecto pioneiro em Portugal chamado Kuantos Meses (Serviços pré e pós-parto).

Sou mãe de dois filhos, a Joana com 20 anos e o André com 16 anos. Com o crescimento deles surgiram novos interesses, como por exemplo o desporto e a fotografia. Associado ao desporto, uma alimentação saudável e um estilo de vida novo. Recentemente foi-me diagnosticada uma doença Auto-imune – Miastenia Gravis. Uma doença desconhecida para muitos e com a qual eu ainda estou aprender a viver. Sempre fui muito activa e sempre encarei os obstáculos como oportunidades para realizar novos projectos – Agora chegou o momento de fazer nascer o BLOG 

Femme

Amigos, Colegas, Comunicação, escola, Família, Pais, Professor, Recreio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *