Em Itália as crianças sem vacinas não vão à escola!

“Sem vacinas, não há escola”

Esta é a decisão do Governo Italiano que entrou em vigor hoje!

Crianças com menos de 6 anos que não tenham as vacinas em dia, vão ser enviadas para casa. Escolas e infantários podem recusar as crianças.

A cima dos 6 anos, as escolas não podem recusar a presença das crianças. Caso os pais não possam certificar que os filhos têm todas as vacinas obrigatórias e gratuitas (sarampo, rubéola, poliomielite, difteria, tétano, hepatite B, tosse convulsa, hemofilia de tipo B, varicela e papeira), podem ser multados até 500€

Esta nova lei surge depois de um surto de casos de sarampo no país que representaram quase um quarto de todos os casos de sarampo na Europa no ano passado, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Foto: Bigstock

Partilhar

Chamam-me Fada, ou Encantadora de Bebés! Mas na verdade sou Mãe, Mulher e Enfermeira. 

Sou uma Mulher madura, com formação na área da Saúde (enfermeira), sempre trabalhei no meio hospitalar e em paralelo desenvolvi um projecto pioneiro em Portugal chamado Kuantos Meses (Serviços pré e pós-parto).

Sou mãe de dois filhos, a Joana com 20 anos e o André com 16 anos. Com o crescimento deles surgiram novos interesses, como por exemplo o desporto e a fotografia. Associado ao desporto, uma alimentação saudável e um estilo de vida novo. Recentemente foi-me diagnosticada uma doença Auto-imune – Miastenia Gravis. Uma doença desconhecida para muitos e com a qual eu ainda estou aprender a viver. Sempre fui muito activa e sempre encarei os obstáculos como oportunidades para realizar novos projectos – Agora chegou o momento de fazer nascer o BLOG 

Femme

Crianças, escola, infantário, Itália, OMS, sarampo, vacinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *