Cesariana

Nascer por cesariana é para algumas mulheres uma decisão e para outras uma desilusão.

Estima-se que cerca de 34% dos nascimentos em Portugal são por Cesarianas. Existem muitas circunstâncias válidas que tornam uma cesariana necessária, no final o importante é que a mae possa segurar o seu bebé ao colo em segurança.

A cesariana é um parto  cirúrgico, em que o bebé é extraído através de um corte realizado na barriga (por cima da zona púbica, na maioria das vezes, ou na vertical em caso de Emergência). A cesariana pode ser electiva (planeada) ou de urgência. Algumas das razões para se ter uma cesariana em vez de um parto vaginal, estão relacionadas com o bebé, com a mãe, com problemas durante o trabalho de parto, com a placenta ou com o cordão umbilical. Actualmente a cesariana é um procedimento muito seguro. A taxa de complicações graves é muito baixa, no entanto não deixa de ser uma cirurgia pelo que o risco de determinadas complicações é maior do que no parto vaginal. A maior parte das mulheres e bebés recuperam bem e sem problemas.

Todas as mulheres que fazem cesariana devem saber que:

  • A cesariana é uma grande cirurgia.
  • Nao ha necessidade de ter dores, por isso, tome os analgésicos que lhe foram receitados.
  • Deve pedir ajuda sempre que precisar.
  • Nao há problema se ficou aborrecida ou triste porque o seu plano de nascimento acabou de forma diferente do planeado. Aceite, mas há um tempo para isso. Se já sentiu o estigma de que fazer uma cesariana é “menor” do que um parto via vaginal. Não pense nisso, não passa mesmo de um estigma! É um nascimento real como outro qualquer!
  • Após a cesariana pode amamentar, a quantidade de leite irá ser igual ao do parto via vaginal, se o bebé estimular a mama de igual forma. O Pele com pele, na maioria das maternidades,  já se faz nas cesariana, nessa altura tente colocar o bebé à mama.
  • Deve vestir roupas confortáveis que não tenham elásticos ou que apertem a zona da cicatriz.
  • Vai ficar com uma cicatriz, que por norma fica na zona do biquini.

Foto: Instagram @Justbaby

 

Partilhar

Chamam-me Fada, ou Encantadora de Bebés! Mas na verdade sou Mãe, Mulher e Enfermeira. 

Sou uma Mulher madura, com formação na área da Saúde (enfermeira), sempre trabalhei no meio hospitalar e em paralelo desenvolvi um projecto pioneiro em Portugal chamado Kuantos Meses (Serviços pré e pós-parto).

Sou mãe de dois filhos, a Joana com 20 anos e o André com 16 anos. Com o crescimento deles surgiram novos interesses, como por exemplo o desporto e a fotografia. Associado ao desporto, uma alimentação saudável e um estilo de vida novo. Recentemente foi-me diagnosticada uma doença Auto-imune – Miastenia Gravis. Uma doença desconhecida para muitos e com a qual eu ainda estou aprender a viver. Sempre fui muito activa e sempre encarei os obstáculos como oportunidades para realizar novos projectos – Agora chegou o momento de fazer nascer o BLOG 

Femme

abdominal, cesariana, cicatriz, electivas, grávidas, mães, nascimento, Parto, plano de nascimento, plano de parto, pós-parto, útero

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *