Amamentação e o Covid-19

Começo por vos dizer que o COVID-19 é um vírus recente e a verdade é que ainda é cedo para directrizes, sobre situações especificas. Neste momento as orientações sobre aleitamento materno para mães com COVID-19 confirmado ou sob investigação, é que devem manter a amamentação. O leite materno é a melhor fonte de nutrição para a maioria dos bebés. No entanto como não há certezas, a mãe deve determinar em coordenação com os profissionais de saúde se deve manter ou suspender a amamentação. Caso a decisão seja manter, a mãe deve tomar todas as precauções possíveis para evitar a transmissão do vírus ao bebé. Deve lavar as mãos antes de lhe pegar ao colo, e usar uma máscara facial, durante a amamentação. Se a mãe estiver contaminada com o COVID-19, e decidiu retirar o leite com uma bomba, deve lavar as mãos antes de tocar na bomba, usar uma máscara facial durante o processo. Se possível, peça a outra pessoa para alimentar o bebé. A lavagem da bomba e dos biberões deve ser após cada uso, seguindo as recomendações habituais.

Li recentemente uma declaração do Arthur I.Eidelman, editor-chefe da Revista Breastfeeding Medicine, que assume que provavelmente o bebé já estará infectado, portanto a amamentação o beneficia fornecendo anticorpos. Mães infectadas com Coronovírus não devem interromper a amamentação:

“A amamentação continuada tem o potencial de transmitir anticorpos maternos protectores para o bebé, portanto, as mães devem continuar amamentando os seus bebés, mas sempre com cuidados especiais, como a lavagem das mãos e o uso de uma máscara, a fim de minimizar a exposição viral adicional ao menor.”

Espero que vos tenha tranquilizado, mas para já é a informação que tenho.

Foto: Instagram @kathyfray

Partilhar

Chamam-me Fada, ou Encantadora de Bebés! Mas na verdade sou Mãe, Mulher e Enfermeira. 

Sou uma Mulher madura, com formação na área da Saúde (enfermeira), sempre trabalhei no meio hospitalar e em paralelo desenvolvi um projecto pioneiro em Portugal chamado Kuantos Meses (Serviços pré e pós-parto).

Sou mãe de dois filhos, a Joana com 20 anos e o André com 16 anos. Com o crescimento deles surgiram novos interesses, como por exemplo o desporto e a fotografia. Associado ao desporto, uma alimentação saudável e um estilo de vida novo. Recentemente foi-me diagnosticada uma doença Auto-imune – Miastenia Gravis. Uma doença desconhecida para muitos e com a qual eu ainda estou aprender a viver. Sempre fui muito activa e sempre encarei os obstáculos como oportunidades para realizar novos projectos – Agora chegou o momento de fazer nascer o BLOG 

Femme

amamentação, anticorpos, Arthur I Eidelman, bomba tira leite, breastfeeding, coronovírus, covid-19, esterilização, leite materno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *