Adeus Fraldas!

Parece que ainda foi ontem que vos ensinei a mudar a fralda ao vosso bebé e hoje vou ensinar-vos a tirá-la!

Este processo nem sempre é igual, varia de criança para criança e não há uma idade certa.

Conheço crianças que deixaram a fralda aos 18 meses, e outras perto dos 3 anos. Os dois anos deverão ser uma referência, mas a remoção não depende apenas da idade mas também do seu desenvolvimento psicomotor. Se só conseguir retirar a fralda mais tarde, isso não quer dizer que a criança apresente algum problema!

Alguns pais preferem esperar pelo verão (melhor tempo para secar a roupa extra usada nesta tarefa), ou pelas férias (maior disponibilidade) ou até pelo regresso à creche (uma grande ajuda para algumas famílias), o que pode antecipar ou adiar o momento de deixar as fraldas! Portanto, comece o processo quando a criança estiver preparada, quando houver disponibilidade e paciência e não ceda pressões exteriores!

Se este é o momento certo, então está na altura de ir às compras!

Vai precisar de 6 a 8 cuecas, sugiro que capriche na escolha! Compre cuecas estampadas com os personagens animados favoritos dos vossos pequenotes. Faça uma “festa” sempre que lhe vestir as cuequinhas, sugerindo que a criança já é crescida. Diga-lhe também que os amiguinhos não gostam de ficar molhados, resultou com os meus filhos. Existem também fraldas de treino, se bem que eu aconselho as cuecas de pano, para a experiência se tornar mais real.

Eu com os meus filhos, não usei bacios nem redutores, habituei-os logo com o nosso apoio a usarem a sanita.
Mas estou certa que é mais fácil optarem pelo redutor de sanita (vão encontrar uma panóplia de modelos). Relativamente ao bacio, nunca foi uma opção para mim, pois nunca me vi a despejar xixis e cocós e a lavar bacios, mas é claro que cada um irá escolher a opção mais adequada a cada família.

Agora que já tem tudo o que precisa está na hora de começar!

Comece por falar com a criança sobre xixis e cocós, ajude-a a identificar um e o outro. Por exemplo, nos cocós feitos na fralda, aproveite para lhe mostrar, leve a fralda suja e despeje o cocó na sanita. Puxe o autoclismo e diga adeus ao cocó, parece ridículo eu sei, mas lembre-se que faz parte do processo.

Aproveite as ocasiões em que os pais ou irmãos vão à casa de banho, e explique à criança o que está a fazer, convide-a a sentar-se a seguir, ou ao mesmo tempo no bacio.

Aproveite a altura do dia, em que a criança habitualmente faz cocó, para a colocar na sanita ou no bacio.  Nunca force a criança a sentar-se, não prolongue por mais de 10 minutos. Não espere resultados imediatos, mas, se acontecer, mostre alegria e satisfação.

Não faça dramas quando ocorrem acidentes, não grite, nem castigue a criança, mas fale sobre o assunto! Deve fazê-la entender onde o xixi e o cocó deve ser feito. Deixe-a participar na remoção da roupa molhada. É importante torná-la responsável pelas suas acções, mas de uma forma compreensiva.

Caso os acidentes fiquem muito frequentes, tenha a sabedoria de voltar atrás sem medo ou vergonha. É possível que o organismo do seu filho ainda não esteja preparado, e é melhor voltar a tentar mais tarde.

O mais importante neste processo é ter PACIÊNCIA, celebrar todos e cada um dos pequenos avanços e NUNCA repreender, punir ou constranger pelos pequenos acidentes que irão acontecer sem dúvida!

Partilhar

Chamam-me Fada, ou Encantadora de Bebés! Mas na verdade sou Mãe, Mulher e Enfermeira. 

Sou uma Mulher madura, com formação na área da Saúde (enfermeira), sempre trabalhei no meio hospitalar e em paralelo desenvolvi um projecto pioneiro em Portugal chamado Kuantos Meses (Serviços pré e pós-parto).

Sou mãe de dois filhos, a Joana com 20 anos e o André com 16 anos. Com o crescimento deles surgiram novos interesses, como por exemplo o desporto e a fotografia. Associado ao desporto, uma alimentação saudável e um estilo de vida novo. Recentemente foi-me diagnosticada uma doença Auto-imune – Miastenia Gravis. Uma doença desconhecida para muitos e com a qual eu ainda estou aprender a viver. Sempre fui muito activa e sempre encarei os obstáculos como oportunidades para realizar novos projectos – Agora chegou o momento de fazer nascer o BLOG 

Femme

acidentes, bacios, casa de banho, cocós, Crianças, Cuecas, Desenvolvimento infantil, desfralde, fraldas, xixis

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *